Tratamento para as dores de costas

dores de costas tratamento


As dores de costas podem perdurar por mais tempo do que uma visita indesejável. Manifestam-se inicialmente como uma dor fraca mas persistente ou pontada ocasional. Também se podem assemelhar a uma martelada num dedo, produzindo uma dor aguda e latejante. Outras vezes aparece sorrateira. Pode irradiar do centro para as partes superiores ou inferiores das costas. Alem disso, pode aparecer por uma variedade de razões surpreendentes,às vezes devido a uma hérnia ou até algum problema nos ovários.

Embora as causas da dor de costas possam ser difíceis de identificar, a mais comum é a pressão sobre os músculos, ligamentos e tendões que envolvem a coluna. A dor, porém, também pode provir dos próprios discos, da pressão exercida por um disco ou osso sobre um nervo, ou de artrose. De acordo com um estudo recente, a dor nas costas, pelo menos do tipo que resulta na degeneração de discos, pode ser determinada pelos genes.
Felizmente a dor de costas é passível de ser gerida. Existe uma grande variedade de opções para eliminar a dor de costas.

Como prevenir as Dores de Costas ?

Se um objeto lhe parecer demasiado pesado ou difícil de manejar, não o levante sozinho, peça ajuda. Escute a intuição do seu corpo sobre aquilo que deve e não deve levantar. Por vezes quando está prestes a levantar um objeto pesado, pode ocorrer-lhe um pensamento passageiro de que as suas costas são demasiado fracas. Siga esse palpite. Como indicação geral, se já teve dores nas costas, nunca deve levantar nada com mais de 18 quilos.

Levante os objetos de forma correta

Depois de decidir que pretende levantar um objeto, fique o mais perto dele possível. Dobre os joelhos. Mantenha as costas direitas como se tivesse um pau de vassoura atado à coluna. Levanta-se com os músculos das pernas, ao mesmo tempo que contrai os músculos do estômago. Respire normalmente. Mantenha uma posição equilibrada ao longo de todo o levantamento conservando os pés afastados à largura dos ombros. E não torça a coluna durante o levantamento. Mantenha sempre o corpo alinhado com o objeto.

Use uma cinta para maior segurança

Se o seu emprego implica levantar pesos com frequência use um cinto abdominal. Este vai empurrar o abdómen para dentro, ajuda a apoiar a coluna e lembra-lo de levantar os pesos de forma correta. Os halterofilistas usam este tipo de cinta para protegerem as costas durante os exercícios. As cintas encontram-se à venda em boas lojas de artigos desportivos e centros comerciais.

 

 

Mantenha os músculos abdominais fortes

Quanto mais fortes forem os seus músculos abdominais, menos probabilidade terá de lesionar a coluna. Se os seus abdominais forem fortes, obrigam a empurrar o conteúdo abdominal, formando um cilindro de fluido que se ergue e afasta o peso da coluna. Para fortalecer os músculos abdominais, deite-se de costas no chão, em cima de um tapete com os joelhos fletidos, as plantas dos dedos das mãos a tocar ligeiramente nos lados da cabeça e os cotovelos esticados para os lados.
Incline a pélvis para que a região lombar assente no chão e depois enrole o corpo para cima, de forma a que a cabeça e os ombros se levantem do chão. Faça o abdominal lentamente – demore três segundos a levantar a cabeça e os ombros, faça uma pausa durante um segundo com os abdominais completamente contraídos e depois demore três segundos a baixar o corpo. Faça estes abdominais numa sessão de 10 minutos diários.

Utilize um banco quando estiver de pé

Se estiver muito tempo de pé, o melhor é fletir um joelho e assentá-lo num banco – isso vai ajudar a relaxar as costas.

Atenção às costas enquanto conduz

Não se incline para a frente com a parte superior do corpo enquanto conduz. Deslize as ancas até assentarem na parte de trás do banco do carro e encoste-se, regulando o assente de maneira a segurar no volante de forma confortável. Se estiver demasiado próximo vai ter de curvar os ombros para poder agarrar no volante. Se estiver demasiado afastado, vai ter de arquear a parte superior das costas para o alcançar. O objetivo é libertar o pescoço, ombros e costas do máximo de tensão possível.

 

 

Observe-se nas montras, e depois observe o seu andar

Quando passar em frente da montra de uma loja, veja o seu reflexo no vidro para saber como se está a movimentar. Se estiver a inclinar-se para a frente, pare. Reequilibre o peso sobre os calcanhares e sinta o chão solidamente debaixo da totalidade dos pés.

Depois de ter observado o seu reflexo, continue a prestar atenção à postura quando recomeçar a andar. Se tiver os ombros descaídos e as ancas empinadas, coloque-as ao de leve para trás e afaste os joelhos . Enquanto se desloca pense em alongar a coluna, como uma seta a apontar para cima, a partir do chão.

Use sapatos com uma boa base de apoio

Qualquer sapato com uma boa sola amortecedora e um bom apoio para o arco do pé pode ajudar a evitar dores nas costas. Os sapatos de salto alto são os piores para as suas costas. Eles forçam a curva lombar – a curvatura na parte inferior das costas – e isso pode causar dores nas costas.

Escolha a cadeira certa para permanecer longos períodos sentado.

Estar sentado durante longos períodos de tempo pode agravar o estado das suas costas. Deverá procurar uma cadeira com uma almofada rija no assento e com braços, o que vai ajudar a apoiar a coluna.

Proporcione bom descanso às suas costas

Escolha um colchão firme que apoie a coluna. Existem duas posições para dormir para evitar as dores nas costas,com almofadas debaixo dos joelhos ou então virar-se de lado, com os joelhos dobrados e uma almofada entre as perna. Estas duas posições ajudam a aliviar as costas tirando a pressão das vértebras.

 

 

Tome suplementos para os ossos

Se for mulher com mais de 40 anos, deverá ponderar a hipótese de tomar suplementos de cálcio. É recomendado que as mulheres tomem um suplemento de 150 miligramas todos os dias. O cálcio ajuda a proteger a coluna e o resto do esqueleto da osteoporose, a doença que provoca erosão e enfraquecimento dos ossos. Em especial nas mulheres mais velhas, há o risco de as vértebras poderem fraturar-se, caso estejam enfraquecidas devido à osteoporose. Contudo, o cálcio pode ajudar a prevenir esta doença. Se tiver um historial familiar de osteoporose fale com o seu médico sobre a terapia hormonal, que também poderá ajudar a proteger a coluna.

Não Fume

O tabaco faz diminuir a circulação sanguínea nos discos, o que provoca a sua mais rápida deterioração.

Tratamentos contra a dor de Costas

Passa a manha de domingo no jardim a arrancar ervas daninhas e na segunda-feira de manhã mal consegue sair da cama. Ou então decide finalmente levar aquele cadeirão tão pesado para o alpendre e depois tenta endireitar-se e … não consegue. Que poderá fazer?
Tem o seu quê de verdade aquela velha piada : “ Doutor, sinto dores quando faço isto.” “Então não o faça.” Por outras palavras, pare de fazer tudo o que estiver a fazer quando surgir a dor. No entanto, não se enfie na cama durante uma semana. Vários estudos têm revelado que o repouso prolongado não ajuda, podendo até agravar a situação. Se conseguir, mantenha a sua rotina diária, a menos que a mesma inclua levantamento de pesos ou esforços excessivos. Se a dor de costas se dever a uma distensão muscular ou a uma lesão dos tecidos, o que ocorre em 85% dos casos, é muito provável que não precise de terapias muito sofisticadas nem de cirurgia. Este tipo de dor também não requer estudos imegeológicos através por exemplo,de ressonâncias magnéticas (RM) ou TAC. As medidas para deixar de ter dor são mais simples do que se pode imaginar.

 

 

Emplastro com anti-inflamatório.

Este emplastro contém o anti-inflamatório diclofenac e é sujeito a receita médica. Deve ser aplicado precisamente no ponto doloroso, sendo o fármaco absorvido através da pele. Uma vez que não passa pelo aparelho gastrointestinal, não provoca ardor no estômago, reação adversa associada a vários anti-inflamatórios orais. Pode aplicar dois emplastros por dia, por forma a obter alivio durante 24 horas. Converse acerca do mesmo com o médico. Tal como no caso de outros anti-inflamatórios não esteroides, este medicamento está contraindicado a pessoas com risco elevado de doença cardíaca.

Relaxantes musculares

Se tem muitas dores e mal consegue mexer-se, um relaxante muscular poderá ser bastante benéfico. Estes medicamentos atuam suprimindo a atividade nervosa ao nível do cérebro e da medula espinal. Podem ser administrados sozinhos ou em combinação com anti-inflamatórios não sujeitos a receita médica. Tome-os de preferência ao deitar, pois podem provocar sonolência. Também podem criar habituação. São mais eficazes quando administrados durante a primeira semana de dores nas costas.

 

 

Tome um anti-inflamatório

Embora alguns médicos recomendem a toma de paracetamol para combater as dores na região inferior das costas, este fármaco não é um anti-inflamatório, por isso poderá não ser tão eficaz como o ibuprofeno, que pode atenuar a inflamação que possa estar a contribuir para a dor. Siga as instruções da embalagem, a menos que o médico lhe dê outras indicações. Quanto mais cedo o tomar mais eficaz será o medicamento e menos quantidade acabará por precisar de tomar. Assim, não espere até ficar dobrado pela cintura ou ter de se estender ao comprido.

Aplique gelo

Se acabou de se magoar, a aplicação de gelo nas costas fá-lo-á sentir-se melhor. O frio resulta aliviando o inchaço e os espasmos musculares.

 Exercício físico

Fortalecer e alongar os músculos abdominais e das costas depois de a dor inicial se ter dissipado ajudá-lo-á a prevenir a recorrência da mesma. A marcha será sem duvida uma excelente opção, assim como a bicicleta estática. Se comprar uma bicicleta escolha a que melhor se adapta ao seu caso especifico. A natação é uma modalidade que também deve ser considerada. Opte pelo estilo que lhe for mais cómodo, pois, por exemplo, nadar de costas protege mais as costas do que os estilos crawl ou bruços. Definir um programa de exercícios em conjunto com um fisioterapeuta ajudá-lo-á a não ultrapassar os seus próprios limites.

Educação das costas

Estar sentado à  secretária com os pés assentes no chão, deixa cair um lápis e inclina-se para o lado para o apanhar. Este é um movimento terrível para as suas costas, pois pressiona os discos que amortecem as suas vértebras. Aprender quais os movimentos a evitar poderá ajudá-lo a proteger as costas. Com efeito, análises recentes revelaram que os doentes com dores na região inferior das costas que aprendiam a abordar as dores nas costas e a protegê-las regressavam ao trabalho mais cedo do que aqueles que não eram educados nesse sentido. Vale a pena pedir ao médico materiais ou orientações relacionadas com os cuidados das costas.

 

 

Ioga

O ioga é um tratamento razoável a experimentar a par da toma de medicação e auto tratamentos. Estudos realizados revelam que os doentes com problemas nas costas que participaram em 12 sessões semanais de ioga tinham menos dores do que os que fizeram exercícios terapêuticos e receberam formação nessa área. Alem disso, o alivio da dor, em comparação com o outro grupo, também era mais duradouro, durando mais 14 semanas.

Acupuntura

Segundo um estudo realizado na Alemanha, envolvendo mais de 1100 doentes com problemas nas costas, a dor e mobilidade dos que se submeteram a duas sessões semanais de acupuntura durante seis meses melhoraram quase o dobro a dor e a mobilidade dos que foram submetidos a tratamentos convencionais que incluíam medicação, fisioterapia e exercício.

Massagens

A chamada manipulação dos tecidos moles ajuda a descontrair os músculos e aliviar a tensão, podendo suspender temporariamente os sinais de dor. Informe-se devidamente para escolher um massagista qualificado e que possua experiência em trabalhar com pessoas com dores nas costas.

 

 

Manipulação da coluna

Esta terapia,executada por um quiroprático, fisioterapeuta ou outro terapeuta qualificado, é recomendada tanto para tratar a dor de costas aguda como crónica. Alguns estudos revelaram que a manipulação da coluna é tão eficaz no alívio ligeiro a moderado da dor como os tratamentos médicos convencionais.

Terapia cognitivo-comportamental

A dor de costas é real, mas, como muitos outros tipos de dor, pode estar associada à sua mente. Os investigadores crêem que o stress aumenta a tensão exercida sobre as suas costas, o que traduz em dor. A terapia cognitivo-comportamental, uma forma de psicoterapia que o pode ajudar a perceber como controlar melhor o stress, poderá ser útil.

Técnicas de relaxamento

Algumas técnicas simples, como exercícios de respiração e meditação, ajudam a aliviar a tensão que se acumula, de modo inconsciente, nos seus músculos.

Tratamento Médico

Se tiver febre, se as dores se agravarem ou passarem a atingir também as pernas, ou se tiver dificuldade em urinar, procure imediatamente ajuda médica. Outros sinais de alarme incluem dor persistente, mesmo durante o repouso, ou dores tão intensas que interferem no sono.

Se a adoção de medidas caseiras, como a aplicação de gelo, a realização de alongamentos suaves e a toma de anti-inflamatórios não sujeitos a receita médica, não resolver o problema e continuar com muitas dores, o médico poderá aconselhar tratamentos para atacar a dor e proporcionar-lhe algum alívio.  A cirurgia das costas é um assunto sério e deve, por isso, ser um tratamento de último recurso. Deve apenas ser considerado quando todos os tratamentos não cirúrgicos tiverem falhado e, mesmo assim, nem todos os casos são elegíveis. Antes de o médico lhe recomendar qualquer uma das seguintes opções, é provável que peça vários exames como raio X, TAC ou ressonância magnética. Tendo em conta os resultados destes exames, um exame físico e a descrição que fez dos seus sintomas, o médico irá decidir o melhor tratamento para o seu caso especifico.

 

 

Discectomia

Se um doente com uma hérnia discal ou prolapso do disco não reagir a seis semanas de tratamento não cirúrgico, poderá seressonância magnéticaectomia, procedimento em que o cirurgião remove o centro ( de consistência gelatinosa) do disco protuberante, aliviando a pressão exercida sobre o nervo.

Fusão de vértebras

Esta técnica é utilizada para tratar uma hérnia discal em doentes que já sofriam de dores nas costas crónicas antes de a mesma se formar. O cirurgião utiliza excertos ósseos ( de um dador ou do próprio corpo do doente ) para fundir duas ou mais vértebras vizinhas.

Neuroestimulação

Esta técnica consiste na implantação de um dispositivo no espaço entre a espinal medula e a coluna vertebral (espaço epidural) para ajudar a aliviar a dor em doentes com dores nas costas relacionadas com os nervos. O dispositivo envia sinais elétricos que bloqueiam os sinais de dor enviados para o cérebro. O doente controla esses sinais através de um comando à distancia, personalizando a terapia anti dor. Um estudo realizado por vários centros que utilizam esta terapia revelou que entre os doentes com hérnias discais ou ruturas dos discos, cujas cirurgias não tinham aliviado as dores nas costas, 48% registaram 50% de melhoras em termos de dor nas pernas, bem como uma melhoria significativa de dor nas costas ao fim de seis meses.

 

 

Discos artificiais

Até agora, se um disco se desintegrava, causa comum de dores de costas, a única solução era fundir as duas vértebras, fazendo assim uma espécie de sanduíche com o disco no meio. Atualmente, os cirurgiões podem substituir o disco danificado por um núcleo de polietileno ou de metal que desliza entre duas placas de metal. Este procedimento só poderá ser considerado se outros tratamentos, incluindo fisioterapia, emagrecimento, injeções e/ou o uso de um colete especial, não tiverem resultado.

Cirurgia das costas minimamente invasiva

AxiaLIF é um procedimento para corrigir os discos em estado degenerativo. Implica uma incisão de cerca de 2.5 cm no cóccix através da qual o cirurgião remove a parte danificada do disco, injeta material sintético para reconstruí-la e insere um parafuso para estabilizar a coluna. Este procedimento não é tão agressivo para o tecido circundante como os procedimentos mais antigos e mais invasivos. Esta intervenção demora sensivelmente uma hora, enquanto as cirurgias convencionais demoram cerca de quatro horas.

BAIXE AGORA GRÁTIS O GUIA
OS 10 MELHORES SUCOS DETOX PARA EMAGRECER COM SAÚDE!!

Deixe o seu comentário

O seu email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.